Três livros e uma garota


    Ultimamente tenho lido três livros: "Conversando Com os Espíritos", de James Van Praagh, "Como Ser Uma Parisiense em Qualquer Lugar do Mundo" de Caroline de Maigret, e "The Beatles, A História Por Trás de Todas as Canções" de Steve Turner. Isso é engraçado porque eu sempre falo que não gosto de ler muitos livros ao mesmo tempo. Meu lema é: um por um. Mas desses três livros, um é físico, um leio pelo celular e outro pelo tablet. 
  O livro "Conversando Com os Espíritos", de James Van Praagh, conta histórias reais que aconteceram com o autor e relatos do trabalho dele como médium.  Isso é muito legal porque descobri que o James foi produtor da série Ghost Whisperer, que é muito boa, mas infelizmente eu parei de assistir porque li, involuntariamente, um spoiler que me entristeceu muito. Entretanto, vale a pena assistir a série porque cada episódio tira lágrimas dos meus olhos. 
   O livro, "Como Ser Uma Parisiense em Qualquer Lugar do Mundo" de Caroline de Maigret,  é muito engraçado. Quem já leu "Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca, de Camila Femder e Jana Rosa, vai entender do que estou falando. O livro "Como Ser Uma Parisiense em Qualquer Lugar do Mundo" não é um romance, é um guia de comportamento e para cada capítulo tem uma foto de descrição. Como ele é um guia, você vai aprender como parecer misteriosa, sensual e natural e como deixar seu namorado com ciúmes. O livro também aborda temas como festas, brunch com os amigos, filhos, casamento e academia, além de indicar lugares que você poderá visitar quando estiver em Paris. 
   O livro dos "The Beatles, A História Por Trás de Todas as Canções" de Steve Turner é maravilhoso. Quando eu era mais nova, eu pesquisava a história das músicas no Wikipedia e às vezes eu tinha que ir no wiki dos states, porque não tinha em português.  Então foi muito bom ter essas histórias em mãos por causa de todo o envolvimento do leitor com o contexto. O autor trata do "onde, como e porquê" o que facilita a compreensão da leitura. E cada história que li, eu pensava: "Ah, então foi por isso..." e "Ummmm, agora entendi". Mas quando eu descubro que algumas músicas, como "I Saw Her Standing There" não aconteceu na vida real, eu fico assim: "Mas poxa, seria tão lindo se fosse verdade". 
  Por fim, a leitura desses livros é muito agradável e os recomendo a todos. Agora tenho algumas perguntas para você. Eu disse no início dessa postagens que um desses livros é físico e os outros dois são virtuais: Qual você acha que é físico?  • Qual você acha que eu leio pelo celular? • Qual você acha que leio pelo tablet?   Comente sua resposta aqui embaixo e eu responderei na próxima postagem.